Ações Afirmativas

Com o objetivo de fortalecer o enfrentamento ao racismo, ao sexismo, ao capacitismo e todas as outras formas de discriminação, no Abrascão 2022 está sendo implementada uma política de ação afirmativa.

Inicialmente, a organização do Abrascão 2022 concederá isenção do pagamento da taxa de inscrição para pessoas com deficiência, indígenas, quilombolas, pessoas trans e estudantes de graduação e pós graduação negros/as.

Veja abaixo os critérios.

Preencher um dos critérios abaixo para comprovação de deficiência:
- Comprovante de inscrição no nível superior em vaga reservada para cotista com deficiência; ou
- Carteirinha / declaração de atendimento em serviço especializado; ou
- Documento público de identificação com dado sobre deficiência; ou
- Laudo médico

Preencher um dos critérios abaixo para comprovação de quilombolas:
- Autodeclaração; ou
- Certidão de autoreconhecimento da comunidade expedida pela Fundação Cultural Palmares (https://www.gov.br/pt-br/servicos/obter-certidao-de-autodefinicao-de-comunidade-remanescente-de-quilombo); ou
- Documento da universidade que comprove que a pessoa é cotista quilombola.

Preencher um dos critérios abaixo para comprovação de estudantes de graduação e pós-graduação negros/as:
- Autodeclaração; ou
- Documento da IES que comprove acesso por reserva de vagas para negros/as ou de auxílio permanência para negros/as.

Critério para pessoas trans (travestis, transexual ou transgênero):
- Autodeclaração

Critérios para indígenas:
- Autodeclaração, conforme Convenção 169 da OIT (http://www.mpf.mp.br/atuacao-tematica/ccr6/documentos-e-publicacoes/legislacao/legislacao-docs/convencoes-internacionais/convecao169.pdf/view)